29ª BIENAL DE ARTE DE SÃO PAULO – “Uma celebração do fazer artístico e uma afirmação de sua responsabilidade perante a vida.”

Começou no dia 25 de setembro, a 29ª Bienal de Arte de São Paulo, intitulada “Há sempre um copo de mar para um homem navegar”, verso do escritor alagoano Jorge Matheos de Lima. A busca pelo infinito próximo, serviu de inspiração para os artistas participantes.

Grandiosa na qualidade e quantidade, este ano, além do edifício principal, foi utilizada também, parte do espaço onde hoje está localizado o Museu de Arte Contemporânea.

Cento e cinqüenta e nove artistas vindos de diversas partes do mundo expõem mais do que uma obra cada, totalizando em cerca de trezentos e quarenta trabalhos, entre esculturas, pinturas, vários vídeos e expressões artísticas.

Além dos espaços voltados para os artistas exporem suas obras, esta edição inova ao criar galerias que os curadores denominaram “terreiros”, áreas com intuito de mostrar outras formas de arte. São cinco espaços entre as áreas de exposição, sendo um deles na área externa, conectando a Bienal com o parque.  Nos “terreiros” os visitantes podem descansar, conferir apresentações de performances, pesquisas e leitura. Um destes terreiros foi projetado por um estúdio Holandês e veio de navio para o Brasil.

Quem tiver a oportunidade, não deixe de ir á 29ª Bienal de São Paulo que acontece até o dia 12 de Dezembro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s