Arquivo para novembro, 2016

Pedro Lázaro

1

Pedro Lázaro segue em frente com sua veia artista de sempre, mas desta vez com a premissa do conforto em primeiro lugar.

Esse ultimo projeto de uma residência de 1.800 m² no interior de Minas Gerais, que contempla uma arquitetura minimalista e um mobiliário com explosão de cores, porções de cheios e vazios, escuros e claros, feitos com bastante confiança e inteligência pelo arquiteto.

A necessidade uma postura sustentável, exigiu um minucioso cuidado com o projeto, e gerou uma customização de peças especiais. Um exemplo disso é a iluminação, que precisou ser desenvolvida de um perfil de 6 mm que abrigasse lâmpadas de LED no forro, ao invés de junto a parede.

Uma curiosidade deste projeto, foi que ele  partiu de um desafio em manter uma construção pré existente em estilo Neocolonial somado a um estilo totalmente moderno em linhas retas típicas do arquiteto.

O resultado não poderia ter sido mais especial do que este que você confere abaixo.

A São Romão, participou de alguns importantes ambientes tais como as poltronas Diz da varanda coberta, o aparador Isay Weinfeld que aparece no canto esquerdo da foto do Living (spfá vermelho), e as poltronas 801 por Jorge Zalszupin – Todas as peças pertencentes a linha ETEL para São Romão.

Viva Minas!

 

3

4

5

6

7

8

9


Studio Hermanny – As mineiras estream na casa Cor em SP.

Perfil-Renata-e-Catarina-Hermanny.jpg

Estreantes na Casa Cor São Paulo, as arquitetas Catarina e Renata Hermanny, do Studio Hermanny, criaram a Suíte do Casal.  No espaço contemporâneo, as arquitetas colocaram em práticas suas experiências acumuladas após morarem e trabalharem nos Estados Unidos, e agregaram ao trabalho marcas que imprimem, sobretudo, o interesse pela vida das pessoas, as relações e parcerias. “A cada relação com fornecedores aqui no Brasil tentamos ampliar essa visão, entender a produção, o processo, para que isso possa de repente nos abrir uma ideia”, conta Renata.

A arte sempre permeia seus ambientes, pois acreditam que elas emocionam. Em seus trabalhos, as sócias buscam se aprofundar no conhecimento daquilo que estão incluindo no projeto, seja em obra de arte, ou em desenho de um mobiliário, ou no planejamento de uma casa. “Valorizamos também o que que aquela pessoa gosta, que ela tenha em casa, o que a toca, o que é essencial para ela, o que é belo e que ele se identifique”, completam.

No ambiente, elas escolheram peças da Coleção ETEL, que fazem parte do Acervo São Romão:

Sendo eles; o criado Mudo Componivel por  Jorge Zalszupin , Poltrona Alta por Oscar Niemeyer e banco Mocho por Sérgio Rodrigues.

O resultado foi de um quarto sofisticado destinado a um casal que pode ser jovem ou não, pois o mobiliário contempla design de peso de epócas destintas e um Layout sem excessos, e repleto do charme e sofisticação.

As arquitetas tem essa visão jovem e não deixam de lado as boas escolhas que são por atemporais  tais como uma boa arquitetura,funcionalidade, escolha de tons , acabamaentos, revestimentos, obras de arte, iluminação etc;

dalhê Minas!

site: http://studiohermanny.com/v1/

contato@studiohermanny.com


Imagem

Etel para Marina

Marina Linhares, além de projetos maravilhosos, é também uma grande parceira e participadora da linha ETEL.
Este ano, ela deixou admiradores na mostra DECA, na Casa Cor de SP.
Foram 200 m² com referências a Bauhaus que o projeto ficou inusitado, moderno, brasileiro e pronto para ser um espaço de celebração com uma visão sustentável.
Um dos grandes destaques do ambiente são a Mesa Compasso de Etel Carmona e cadeiras Quase Mínima de Claudia Moreira Salles, que trazem ao espaço elegância e imponência. As Poltronas Infinito de Lia Siqueira e o Banco Siri de Cláudia também acrescentam descontração, conforto e simplicidade ao belo Solar.
Marina traz também alguns dos mais recentes lançamentos da Coleção ETEL, como o Banco Quase Mínimo da designer Claudia Moreira Salles.
Outro lançamento Claudia para ETEL é a Mesa Deslize, que completa ambiente de estar com as Poltronas São Conrado da mesma designer.
Gostou? é mineiro? as peças você só encontra do Acervo São Romão em BH.

marina-linhares-1

mimostra_marina_linhares_3-1

mimostra_marina_linhares_4-1

mimostra_marina_linhares_6-1

mimostra_marina_linhares_7-1

mimostra_marina_linhares_8-1

mimostra_marina_linhares_9-1

mimostra_marina_linhares_10-1