Design Brasileiro

Pedro Lázaro

1

Pedro Lázaro segue em frente com sua veia artista de sempre, mas desta vez com a premissa do conforto em primeiro lugar.

Esse ultimo projeto de uma residência de 1.800 m² no interior de Minas Gerais, que contempla uma arquitetura minimalista e um mobiliário com explosão de cores, porções de cheios e vazios, escuros e claros, feitos com bastante confiança e inteligência pelo arquiteto.

A necessidade uma postura sustentável, exigiu um minucioso cuidado com o projeto, e gerou uma customização de peças especiais. Um exemplo disso é a iluminação, que precisou ser desenvolvida de um perfil de 6 mm que abrigasse lâmpadas de LED no forro, ao invés de junto a parede.

Uma curiosidade deste projeto, foi que ele  partiu de um desafio em manter uma construção pré existente em estilo Neocolonial somado a um estilo totalmente moderno em linhas retas típicas do arquiteto.

O resultado não poderia ter sido mais especial do que este que você confere abaixo.

A São Romão, participou de alguns importantes ambientes tais como as poltronas Diz da varanda coberta, o aparador Isay Weinfeld que aparece no canto esquerdo da foto do Living (spfá vermelho), e as poltronas 801 por Jorge Zalszupin – Todas as peças pertencentes a linha ETEL para São Romão.

Viva Minas!

 

3

4

5

6

7

8

9


Arthur Casas mais uma vez!

 

Condominio-Baleia-by-Studio-Arthur-Casas
Arthur Casas é sim um dos meus favoritos do Brasil, quem dirá do mundo. Este projeto realizado num condomínio em São Paulo chamado Baleia, é simplesmente um máximo. Um jogo constante de fusão entre partes cobertas e descobertas o projeto responde ao desafio entre manter a privacidade em relação aos vizinhos mais próximos sem perder as vistas espetaculares da paisagem circundante.
No plano térreo do projeto a intenção é criar um caminho cuja paisagem se revele em camadas que aproxima os moradores/visitantes a praia. Um pátio central ou o jardim interior da casa traz luz abundante para o núcleo da casa.
O teto da sala de jantar é baixo e aberto para esse mesmo pátio, e permite uma generosa vista ao mar, porém o teto da sala de estar é duplo e fechado com uma porta de vidro que integra o exterior e interior.
Os quartos distribuídos de um lado da casa dão vista à parede vizinha, por isso um jardim vertical foi feito. O corredor que liga os dois volumes tem persianas de madeira em ambos os lados, o que permite uma ventilação natural maravilhosa.
Esse projeto possui muitos detalhes interessantes.
Vale a pena saber um pouco mais! O mobiliário foi muito bem definido! Poltrona Mole, sofás Pátio Brasil (em madeira), Revisteiros e mesas laterais por ETEL Interiores, Cadeiras de jantar em palinha Bossa por Jader Almeida.
Lindíssimo!

Condominio-Baleia-by-Studio-Arthur-Casas-02

Condominio-Baleia-by-Studio-Arthur-Casas-010

Condominio-Baleia-by-Studio-Arthur-Casas-012-1024x687

Condominio-Baleia-by-Studio-Arthur-Casas-016-1024x400

Condominio-Baleia-by-Studio-Arthur-Casas-08

Condominio-Baleia-by-Studio-Arthur-Casas-07

Condominio-Baleia-by-Studio-Arthur-Casas-011

Condominio-Baleia-by-Studio-Arthur-Casas-05

Condominio-Baleia-by-Studio-Arthur-Casas-06-1024x685

 


CASA CUBO por Isay Weinfeld – Brasil. São Paulo.

Isay-Weinfeld-Design-Home10

Em São Paulo, no Brasil, uma casa e um arquiteto.

A Casa Cubo, projetada por Isay Weinfeld vem roubando a cena, e literalmente o chão do mundo inteiro. É uma casa galeria privada e possui uma casa de hóspedes para dois colecionadores de arte.

Localizada no bairro de Jardins, é um edifício de três andares cuja a sala de estar de altura dupla esta no piso térreo e é o maior espaço na casa e por tanto oferece grandes telas que podem exibir paitings, esculturas, e uma seleção de peças de mobiliário de designer.

A escada espiral é feita de pau-ferro brasileiro e é o ponto principal da casa. Outras duas de aço dobrado conectam o primeiro andar que é a biblioteca até um mezanino.  Ambas são suspensas a patir de cima e parecem estar flutuando logo acima do piso.

O mobiliário escolhida para foto é de Alvar Aalto, Pierre Jeanneret, Gio Ponti e Lina Bobardi e neste ambiente grandes portas de vidro correm ao longo de uma borda e integram esse espaço a um terraço, jardim e lagoa do lírio.

Aposentos privados consistem em 3 quartos e uma sala de estar bem iluminada através de uma abertura do chão ao teto. As áreas de garagem e de serviços estão localizados na cave.

Palmas para Isay!

Casa-Cubo-by-Isay-Weinfeld_dezeen_5

Casa-Cubo-by-Isay-Weinfeld_dezeen_6

Casa-Cubo-by-Isay-Weinfeld_dezeen_7

Casa-Cubo-by-Isay-Weinfeld_dezeen_8

Casa-Cubo-by-Isay-Weinfeld_dezeen_10

Isay-Weinfeld-Design-Home2

Isay-Weinfeld-Design-Home4

Isay-Weinfeld-Design-Home6

 

Isay-Weinfeld-Design-Home8

Isay-Weinfeld-Design-Home9

Isay-Weinfeld-Design-Home10

isay 1

Isay 4

Isay 7

Isay 8

Isay 9

Isay 17

isay 18

Isay 21

Isay 22

Isay 23

isay 28

isay 29

isay 31

isay 33

isay 34

isay 35

isay 37

isay 39

 


CASA COR 2013

A Casa Cor 2013 de Minas Gerais, esta aberta desde o dia 22 de setembro e segue até 22 de outubro é uma edição especial. As três proprietárias da casa projetada por Oscar Niemeyer e original de 1954, se dispõe de 5.000m² e sofreu o mínimo de interversões nos 35 projetos que compõem a mostra que possui características modernistas. Materiais utilizados na época foram mantidos: Cobogós, pisos cerâmicos e madeiras. A arquitetura em destaque explora espaços abertos, e a parte social é articulada em generosas cortinas de vidro.

Escritório por Ana Lucia Rodarte.

O charmoso escritório de Ana Lucia Rodarte prestigiou importantes nomes do Designs.

Chaise Rio por Oscar Niemeyer, Poltrona Lucio Costa, Puff Cloud por Humberto da Mata, Mesa le Corbusier, Cadeira Ucho por ETEL Carmona.

Móveis de peso, para um Layout colorido e cheio de conteúdo. A São Romão é parceira e amiga da arquiteta! todos os móveis citados fazem parte no nosso acervo e estarão a venda na loja.

_DSC3555

Jardim, Varanda e entrada.

Por Anaine Pithon.

Anaine ficou com um espaço generoso este ano. Visto de todos os ângulos da casa, o espaço é um belo “três em um”. Como sempre, a arquiteta  atentou aos mínimos detalhes, e ousou no layout solto, desamarrado mas que ao mesmo tempo se conecta com a entrada, que fica exatamente no “rumo” da conversação.

As Poltronas usadas foram as Astúrias (Carlos Motta) que representa em termos de Design para área externa tudo o que tem de melhor no Brasil e no mundo. A mesa Caju também parte da linha de Carlos Motta ficou perfeita para as peças. O Banco Bean, é uma novidade de Jader Almeida também próprio para área externa. Ele ficou perfeito pois delimitou o espaço das plantas ao espaço coberto e tem como função mais um assento para que os espectadores apreciem a linda vista.

Todos os móveis citados acima fazem parte do Acervo São Romão.

_DSC5187

Hugo França, admirado e reconhecido pelo seu talento em design também não podia ficar de fora. Até como uma escultura a chaise Bigua roubou a atenção do público.

São Romão é a representante de toda a linha de Hugo França, e como já sabem cada peça é única.

_DSC5206

_DSC5289

CINEMA.

Carico.

Resgatando um ícone do passado, Carico, trouxe a tona a imortal Womb Chair ou Saarinen Berger. Além disso, desenvolveu conceitualmente todo o mobiliário em parceria com a São Romão.
O espirito do ambiente, é atender as necessidades de uma cinema.

Nada foi esquecido. A acústica, a versatilidade de níveis e assentos e é claro a estética para um ambiente relativamente pequeno com 55m 2. (de sala)

O conforto visual e o conforto arquitetônico se somaram as obras de arte, e proporcionaram uma harmonia linda.

Repararem na colocação dos tapetes e obras de arte. Como sempre, a frente Carico lança uma tendência !

carico

Sala de Jantar Flávia Roscoe. Casa Cor Minas Gerais 2013. Mobiliário São Romão. Mesa Amorfa por Arthur de Mattos Casas e cadeiras Francisco por Dado Castello Branco.
Flávia Roscoe, este ano em lugar de destaque participou da Casa Cor no ambiente sala de Jantar.
A inspiração principal de Flávia foi a arquitetura original da casa  feita por Niemeyer. As parede curvas que envolvem a mesa de jantar não poderiam ter ficado mais lindas do que com a mesa Amorfa do arquiteto e designer Arthur de Mattos Casas em coleção São Romão.
As cadeiras de jantar do arquiteto e designer Dado Castello Branco, além de lindas, são confortáveis, com braços torneados em madeira de alta qualidade – ETEL.
Você encontra todos os móveis na São Romão. venham conhecer a loja!
_DSC3613

Cristina Menezes.

Pocket House.

Cristina Menezes foi muito criativa em seu container. O Pocket House foi uma brilhante ideia, muito bem concebida pela arquiteta. Ela conseguiu fazer em um espaço pequeno, um Loft. Muito funcional e bonito. Desde o inicio a arquiteta optou por um mobiliário leve e descontraído, por isso, sem muitas duvidas escolheu o Banco Charlotte de Paulo Alves. O banco todo em madeira, parece flutuar, de tão leve. É uma peça premiada que arrancar suspiros!

A partir dessa escolha de mobiliário todas as outras foram feitas… a poltrona Paulistana é uma peça que emerge do passado para mostrar que a pureza e a elegância de suas linhas são atemporais e sem dúvida, uma obra-prima do design. O conceito de estrutura, composta por uma única barra de aço curvo e capa de couro guarnição, dar-lhe uma estética de luz e conforto incomparável.

Os banquinhos Noguchi, clássicos, entraram nesse clima de leveza e fizeram uma composição de cor: madeira, marrom e metal.

_DSC4497

_DSC4511

2

_DSC4519

Pedro, ousadamente fez essa ano um ambiente com o tema Minas Gerais e consolidou assim fortes conceitos sobre a nossa cultura.
A inspiração inicial foi barroca, mas claro, Pedro aplicou o seu famoso co…ntraste arquitetônico na composição total do espaço.
Grandes planos envidraçados, volumes em aço carbono, piso e parede em pedra sabão e a cobertura em madeira enfatizam tal antíteses.
Muito elementos naturais se aglutinam a alta tecnologia, tradição e cultura e se associam a maneira atual de viver gerando uma atmosfera que se inserem perfeitamente no nosso tempo.

Rigorosamente Pedro em incentivo a Minas Gerais privilegiou apenas produtos da indústria Mineira.

A FIEMG este ano participou do evento afim de promover um incentivo da competitividade e da geração de novos negócios desses novos mercados.
Você sabia que hoje a SENAI é hoje a maior escola de educação profissional no setor moveleiro, de decoração, iluminação, tecnologia e eletrônica da América Latina?

A SÃO ROMÃO, através da NEOBOX que é uma empresa Mineira, também acreditou neste incentivo, e lançou sua nova coleção, ainda INÉDITA ao público na CASA COR 2013.

O sofá Dune, a Poltrona Tributo, e as duas poltronas SPY (em destaque na foto com a estrutura branca) se somaram a um Layout despojado e a outros elementos e ficou simplesmente MARAVILHOSO.

Em paralelo, a loja tem para você essas peças novas e exclusivas da NEOBOX.
Venha conhecer!

pedro lazaro 5

pedro lazaro 3

pedro lazaro 8

pedro laqzaro 3

Fabíola Constantino e Patrícia Pires Lage

Quarto Feminino.

Um quarto temático, que incorporou totalmente a feminilidade de uma mulher. O ambiente ficou muito bem dividido e com tons sur tons que variam do cinza ao rosa ficaram leves e chique. A cama Mol tem um diferencial interessante: um bolso lateral para controle remoto. Prático não é? A poltrona Cuiabá de Sérgio Rodrigues é também uma novidade que foi lançada em 2013…e o branquinho lateral Chipre da Estudiobola, pequeno mas muito charmoso,  e a clássica e esculpida cadeira Sherlock por ETEL Carmona em madeira.

Todos os móveis foram escolhidos a dedo pelas arquitetas.

parabéns pelo sucesso meninas! foi um prazer participar com vocês desta Casa Cor 2013.

fabiola constantino

fabiola constantino 3

Natacha Nascif e Juliana Couri.

Sala Cobogó.

Natacha Nacif e Juliana Couri foram simplesmente muito felizes na concepção do ambiente. Utilizaram cores quentes, manterem os cobogós e piso originais da casa. Optaram por Designs consagrados que seguem a mesma linguagem. A Poltrona Trançada  e a escrivainha Zumbi por Arthur Casas, a cadeira Atibaia por Paulo Alves, e a mesinha lateral Zago toda em aço.

Obras de arte e um pouco de verde junto a uma iluminação baixa fecharam o cenário com elegância e destaque.

Todos os móveis são da coleção São Romão.

ambiente-casa-cor-minas-gerais-2013-634


Henrique Steyer

design_moveis_henrique_steyer_08

O Jovem Henrique Steyer de apenas 30 anos, estudou comunicação, graduou-se em Arquitetura e Urbanismo e fez uma pós-grauação em publicidade e propaganda e Design Estratégico da escola Politécnica em Milão.
Recentemente Steyer apresentou a sua primeira coleção de mobiliário cuja inspiração é uma arquitetura clássica a qual os edifícios eram criados a partir da composição base-corpo-coroamento.
Os Bichos vêm da inspiração animal típica da fauna brasileira e são peças lúdicas que assumem a forma de macacos, onças, capivaras, jacarés e tamanduás. Já as estantes Niño e Niña têm formatos de bonequinhos de papel e vêm e versão masculina e feminina.
Com tudo o resultado de seu trabalho só poderia ser envolvente e único. Vejam um pouco mais…

A SÃO ROMÃO, em exclusividade é hoje representante da linha. Algumas peças já estão na loja. Venham conhecer!

design_moveis_henrique_steyer_04

design_moveis_henrique_steyer_06

design_moveis_henrique_steyer_05

design_moveis_henrique_steyer_03

design_moveis_henrique_steyer_07

design_moveis_henrique_steyer_01


Maria Helena Botrel.

4507

Maria Helena Botrel nossa amiga e grande profissional fez um trabalho maravilhoso para um jovem solteiro morador de um condomínio nos arredores de Belo Horizonte. A construção é um anexo de 600 m² feito para festas e reuniões, mas que ao mesmo tempo possui conforto e privacidade nos fins de semana.
O projeto é amplo, claro, suave e moderno. A ideia era ainda ter uma pegada tradicional da região e por isso alguns revestimentos como a pedra mineira que cobre a parede do living e alguns móveis típicos de Minas Gerais.
Maria Helena diz “Adotamos um estilo contemporâneo com referências, caso da mesa de ourives, de Minas, do século 18, que faz às vezes de aparador, além de uma coleção de tocheiros de madeira entalhada e policromada da mesma época”.
A construção foi realizada em um só nível aonde um grande living com amplas portas e varanda formou um ambiente integrado.
Maria Helena foi convidada pela Vogue para participar do Giro da Revista Casa Vogue e fez um belíssimo roteiro das lojas do circuito mineiro.
A São Romão fez parte do roteiro… veja as fotos.

4546

4551

Mesa de Centro Aranha – coleção Branco & Preto por ETEL Interiores. Parte do acervo São Romão.

 

4572

Mesa Mineira ETEL Carmona.

4553

Mesa Mineira ETEL Carmona e Armário Dueto. Acervo São Romão.

4560

Aparador Redentor. Acervo São Romão.

4561

Armario Dueto. Acervo São Romão.

4543

Cadeira Helen e Cavalete Reale acervo São Romão.

4567

4544

Poltrona Ralph Lauren por São Romão.

4541

 

4574

4621

4475

4619

4607

 


David Guerra – Apartamento Lourdes

APARTAMENTO LOURDES
01

Este apartamento espaçoso, situado em Lourdes, um dos bairros mais charmosos da cidade, e debruçado sobre a Praça Marília de Dirceu, foi projetado para acomodar um casal com seus 3 filhos pequenos. A idéia era integrar os espaços, e os usos. A sala de estar, além de receber os amigos com elegância e conforto, serve também para um ambiente de cinema despojado, integrado ao bar, com um grande tapete confortável e uma mesa de centro baixa, dando a liberdade para as pessoas se acomodarem da maneira que preferirem para este programa.

A opção da mesa quadrada na sala de jantar era quebrar a ideia de hierarquia da mesa de cabeceira e tornar a conversa participativa a todos.

Na sala de TV, a opção do painel em laca preta, junto com o móvel home preto, era disfarçar os vários equipamentos do proprietário, além de compor com a antiga geladeira General Eletrics herdada da avó, que foi adaptada para temperatura de vinhos. Já a escolha do sofá Maralunga em couro preto e a opção por não utilizar mesa de centro, mas só mesas de apoio, era dar liberdade às crianças.

A integração dos espaços – sala de estar, bar, jantar, TV e varanda – traz leveza e fluidez ao ambiente. A decoração, com mescla de cores, materiais, texturas e estilo, traz o universo particular da proprietária, sempre adepta das coisas boas que atravessam o tempo permanecendo elegantes. Mescla de linhos naturais, couro, madeiras de vários tons, naturais ou laqueados, palha, mármore polido, granito rústico, aço e acrílico. Vários tons de cru, marrons, terra e o preto criam ao mesmo tempo uma atmosfera moderna e aconchegante que é realçada por uma iluminação de sancas, poucos pontos embutidos e o lustre do jantar. Móveis de grandes designers internacionais – como Le Corbusier, Vico Magistretti e Jaime Tresserra – e nacionais – como Sérgio Rodrigues, Jorge Zalszupin e Alfo Lisi – além de belas obras de arte e objetos com estilos e histórias diferentes – como as porcelanas Sévres do séc. XVIII, a geladeira General Eletrics e a máquina de costura da varanda, herdadas da avó; o cavalo de madeira, que lembra os tempos de infância da fazenda; e os vasos de madeira japoneses na mesa de centro – completam com personalidade o décor deste apartamento

Muitas peças desse projeto são da São Romão. A Mesa de Centro Bandeja ETEL, Carrinho de chá Vira-vira Pedro Usech, mesa lateral harpa em madeira, sofá Square na foto acima.

Abaixo : Mesa de jantar SHOGU, Sofá Square e mesas laterais Geraldo de Barros e Jader Almeida.

Poltronas de bar OSCAR, em palinha, de Sérgio Rodrigues. Na sala de TV, Mesa Lateral Chaga Aqui e Alfo Lisi por AXIS MOVEIS e São Romão.

Parabéns David! como sempre você arrasa em combinações inusitadas e de bom gosto! ficou lindo! obrigada pela parceria!

 

02

08

03

06

07

05

10

11

13

12


Biblioteca Brasiliana: 20 mil m2 de livros e ETEL.

01-biblioteca7-foto-ricardo-amado
O empresário José Mindlin era um bibliófilo apaixonado por livros e possuía uma coleção de milhares de livros, nacionais e estrangeiros. Em 2010 quando ele morreu, todo este legado poderia ter ficado esquecido, ou ter sido vendido, mas diante do sonho de José Mindlin, três anos após sua morte o inesperado aconteceu: os livros de autores nacionais da mais importante biblioteca particular brasileira serão disponibilizados ao público a partir do dia 23 de março, em um novo prédio da Cidade Universitária (USP – SP), na Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin.

Os 20.950 m² abrigará o Instituto de Estudos Brasileiros e o Sistema Integrado de Bibliotecas de USP. 39 mil títulos em 55 mil volumes avaliados em 100 milhões de reais serão abrigados neste edifício que também terá um arquivo digital.
A ideia de disponibilizar os livros na USP foi do próprio Mindlin e nasceu em 1999. O pedido do empresário era que seu neto arquiteto Rodrigo Mindlin, e Eduardo de Almeira, projetasse a biblioteca. 127 milhões de reais foram investidos e captados pela Lei Rouanet, por doações e pela Reitoria.

Dez peças do portfólio ETEL estarão na biblioteca, seja para sentar, relaxar, ler um bom livro ou estudar. A mesa Maria Antonieta, desenhada por Etel Carmona; o sofá São Conrado e a poltrona Cosme Velho, de Claudia Moreira Salles; a mesa Aranha e o sofá M3; da Branco&Preto; a cadeira 06, de Osvaldo Bratke e a célebre mesa Pétala, a poltrona Verônica e o Banco Vintage, todos criados por Jorge Zalszupin dão ao espaço um ar chique e confortável.

fotos: Ricardo Amado.

02-biblioteca2-foto-ricardo-amado

03-biblioteca3-foto-ricardo-amado

06-novo-predio-da-usp-abrigara-a-maior-biblioteca-particular-do-brasil

07-novo-predio-da-usp-abrigara-a-maior-biblioteca-particular-do-brasil

08-novo-predio-da-usp-abrigara-a-maior-biblioteca-particular-do-brasil

09-biblioteca4-foto-ricardo-amado

Produtos Etel que estão presentes …

cosme velho

Poltrona Cosme Velho – Cláudia Moreira Salles para ETEL Interiores.

Maria Antonieta ETEL

Mesa de Centro Maria Antonieta desenhada por ETEL Carmona para coleção ETEL Interiores.

mesa-aranha

Mesa Aranha – Coleção Branco & Preto – ETEL.215

Cadeira Osvaldo Bratke.

Veronica 3 ETEL

Poltrona Veronica – Jorge Zalszupin para ETEL Inteirores.

Vintage 2 ETEL

Banco Vintage – Jorge Zalszupin coleção ETEL Interiores.

Petalas ETEL

Mesa Pétala – Jorge Zalszupin em coleção ETEL Interiores.

 


Biblioteca da Universidade de Arte de Tama, Toyo Ito

1326895106_tama_art_university_library_toyo_ito_by_iwan_baan_2094366868_tama_library_0138

Você já conhece a nova Biblioteca da Universidade de Arte de Tama feita pelo arquiteto Toyo Ito? Sinceramente, é uma das obras mais lindas que já vi pela internet. Além de toda beleza, este projeto ainda há um propósito maravilhoso que é a disponibilização de instrumentos projetados para desenvolver e melhorar a vida na sociedade da informação contemporânea.
O espaço abrigará exposições e eventos diversos e no segundo pavimento um espaço voltado apenas para leitura. A sala de armazenamento de livros no subsolo comporta 300.000 volumes.
O jardim exterior esta em direto contato com o interior da Biblioteca. Os arcos, presentes ao longo de toda fachada proporcionam uma maravilhosa abertura no espaço.
Toyo Ito é um arquiteto japonês, muito conhecido por sua arquitetura conceitual que expressa à física e o mundo virtual. Hoje ele é conhecido como um dos arquitetos mais inovadores e influentes do mundo. Nascido em Seúl, Coreia do Sul, e se graduou na universidade de Tóquio em 1965.

1326894953_tama_art_university_library_toyo_ito_by_iwan_baan_1697031246_tama_library_0063

1326894943_tama_art_university_library_toyo_ito_by_iwan_baan_773513126_tama_library_0068

1326894942_tama_art_university_library_toyo_ito_by_iwan_baan_751974769_tama_library_9007

1326894940_tama_art_university_library_toyo_ito_by_iwan_baan_668874338_tama_library_9749

1326894951_tama_art_university_library_toyo_ito_by_iwan_baan_1652118276_tama_library_8980

1326895103_tama_art_university_library_toyo_ito_by_iwan_baan_2036267847_tama_library_8870

1326894931_tama_art_university_library_toyo_ito_by_iwan_baan_440313285_tama_library_9366

1326894938_tama_art_university_library_toyo_ito_by_iwan_baan_548796271_tama_library_9573

1326894946_tama_art_university_library_toyo_ito_by_iwan_baan_1062165781_tama_library_9691

1326894949_tama_art_university_library_toyo_ito_by_iwan_baan_1549940021_tama_library_9862

1326894933_tama_art_university_library_toyo_ito_by_iwan_baan_477194960_tama_library_8841

1326894945_tama_art_university_library_toyo_ito_by_iwan_baan_830845750_tama_library_0233

1326894926_tama_art_university_library_toyo_ito_by_iwan_baan_178851288_tama_library_8916

1326894952_tama_art_university_library_toyo_ito_by_iwan_baan_1688893480_tama_library_8945    1326894950_tama_art_university_library_toyo_ito_by_iwan_baan_1550974920_tama_library_8775


Juliana Boechat e Patricia Nicácio.

088_foto Miguel Aun_NB Projetos_26julho2012

Transformando interiores, há mais de 20 anos, Juliana Boechat e Patrícia Nicácio, fazem da arquitetura e decoração uma verdadeira expressão de arte. A 4 mãos, vida e cor, ares e texturas, constroem ambientes únicos de reconhecimento nacional e internacional. Fruto de trabalho desenvolvido em meio à experiência e ousadia. Lado a lado, Juliana e Patrícia já assinaram ambientes de inúmeras mostras de decoração e arquitetura, numa trajetória de premiações e muito prestígio.Com o olhar sempre voltado para a inovação, essa dupla deixa por onde passa, marcas de arte e vida. Em harmonia traços que vão do clássico ao moderno, do simples ao arrojado, sem nunca perder a inspiração, levam seus projetos à um plano além do requinte e do bom gosto.

“As meninas” tem um bom gosto danado! Sabem bem o que é um bom design, uma peça eterna e de qualidade. A facilidade de usar cores também é um traço único no trabalho delas!

Admiradoras de Sérgio Rodrigues, ETEL Carmona, elas procuram prestigiar o Design Brasileiro e valorizam cada peça “simplesmente” pela forma com que elaboram o layout. Como vocês podem ver nesse projeto, as poltronas Paulistano de Paulo Mendes da Rocha formaram uma conversação despojada.

Na mesa da varanda optaram por um amarelo vivo, com a cadeira em tom neutro e design simples. A poltrona chama-se Sênior, Jorge Zalszupin em coleção ETEL Interiores.

A mesa de centro em vidro e madeira é a mesa Duas Cores, da coleção Branco & Petro para ETEL Interiores. Lindíssima, visualmente leve, mas com um design de peso que já existe a cinquenta anos e muito provavelmente será sempre linda daqui cem anos.

A mesa de jantar rodeada por lindas gravuras de paisagem, deram um clima delicioso ao ambiente! A cadeira Cantú, de Sérgio Rodrigues deu um ar meio retro que acompanhou a linguagem do restante do mobiliário do apartamento.

 

 

051_foto Miguel Aun_NB Projetos_26julho2012

050_foto Miguel Aun_NB Projetos_26julho2012

037_foto Miguel Aun_NB Projetos_26julho2012

113_foto Miguel Aun_NB Projetos_26julho2012

115_foto Miguel Aun_NB Projetos_26julho2012


Hugo França.

P1000943

Hoje é dia de HUGO FRANÇA.
Nosso artista brasileiro é um gaúcho formado em Engenharia Operacional de Produção pela PUCRS. Hugo vem desde 1980 desenvolvendo técnicas de montagem, logística e transporte das obras que ele assina com a madeira pequi vinagreiro. Também usada pelos índios pataxós para fazer canoas são madeira centenárias totalmente resistentes, que podem ser utilizadas em ambientes externos.
Com todo seu bom gosto o design faz um belíssimo paralelo entre o meio ambiente e arte e com suas peças e por isso ganhou notoriedade internacional.
Hugo na verdade é um grande interpretador das formas da natureza e em sua intervenção artesanal produz peças únicas e exclusivas.
O desejo do design de dar uma segunda chance a este material tão nobre que é a madeira morta pela ação irresponsável do homem é o grande motivo que o leva a produzir tais peças.
Seu grande amor pela madeira o torna uma pessoa consciente a não desperdiçá-la, e reaproveitá-la sempre da melhor forma possível. A sua fabricação acontece a partir da utilização de resíduos florestais de constantes buscas nas matas da região de Trancoso (BA) aonde Hugo já viveu por 15 anos. As raízes, troncos ocos, toras maciças e galhos podem ser utilizados e transformados em objetos únicos.
Muitas dificuldades ocorrem no processo de transporte, pois a matéria-prima é extremamente pesada. Os primeiros cortes precisam ser feitos no local mesmo aonde a árvore é encontrada.
As árvores centenárias é a grande inspiração do artista em criar essas peças reconhecidas e admiradas por todo o mundo. As rachaduras, marcas de queimada, e da ação do tempo são incorporadas a solução final da peça. Segundo Hugo, sua maior intenção é incorporar o convívio desta árvore ao convívio humano harmoniosamente.

A São Romão, com muito orgulho é representante oficial do Atelier Hugo França. Em breve algumas peças estarão na loja, e hoje as fotos abaixo representam o seu trabalho, mas lembramos de que cada peça é ÚNICA. Todas elas vêm com o certificado de autenticidade, o nome do cliente e um termo de restauro.
Além de tudo isso, Hugo é uma pessoa engajada socialmente. Recentemente aceitou o convite de prefeitura de Nova York para produzir o mobiliário urbano na cidade que é vista como ditadora de moda no mundo.

As fotos abaixo é uma seleção de algumas de suas peças na revista Wall Paper fala sobre a exposição na galeria R 20th Century em Nova York.

http://translate.google.com.br/translate?hl=pt-BR&sl=en&u=http://www.wallpaper.com/design/hugo-fran231a-at-r-20th-century-gallery/5463&prev=/search%3Fq%3Dhugo%2Bfran%25C3%25A7a%2Bna%2Br%2B20th%2Bcentury%26hl%3Dpt-BR%26sa%3DN%26qscrl%3D1%26rlz%3D1T4WQIB_pt-BRBR519BR525%26biw%3D1366%26bih%3D641&sa=X&ei=jxI1UZiuNIWs9AS1rIHoBg&ved=0CGMQ7gEwCA

e o vídeo sobre seu trabalho….é muito interessante!

http://www.youtube.com/watch?v=Z4L5e7ZzNiY

0908_ZOM_11_replace

5-27-hugo

eco-furnishings-2_7SCmc_7071

expo_hugo_franca_01

hugo-franca-work

hugo-franca-design-de-moveis-em-madeira

tumblr_lxm5w2gGP41r1ojet


Francisco Calio uma trajetória de sucesso.

1
Esta residência em São Bernardo dos Campos representa um pouco do trabalho de Calio. É uma casa de um jovem casal com dois filhos. Segundo Calio a volumetria assimétrica na área externa possibilitou a projeção de luz natural dentro dos ambientes. Pelas fotos podemos conferir esse resultado.
O concreto aparente muito recorrente em seus projetos, a iluminação indireta realizada por abajures que valorizam a decoração chama atenção, e é uma excelente sacada do arquiteto.
Amarelo e vermelho foram às cores que expressaram um ar nova-iorquino e faz a conexão com a garagem do proprietário e ressalta a beleza de seu carro também amarelo e por ser de vidro acaba se tornando um elemento decorativo para sala de estar.
Na sala de jantar, o branco prevalece tanto na mesa quanto nas cadeiras e na estante que o arquiteto desenhou. O tom laranja vem para pincelar e quebrar a “monotonia” atribuindo uniformidade de cor da composição.

2

3

4

5

6

138bb0696595b338afbab333c555292a

 


Guilherme Torres.

2

Guilherme Torres, já reconhecido pelo seu estilo moderno e um pouco masculino, acertou na decoração de um apartamento de um jovem DJ empresário, moderno e ao mesmo tempo alegante e solteiro.

O estilo 80 do aparamento foi reconfigurado  por completo. Guilherme procurou dar um efeito tridimensional para o ambiente e conseguiu através de um efeito de iluminação de led.

A cozinha integrada a sala de jantar e estar é preta e mobiliada com um estilo descontraído, anos 70.

O sofá de canto esta em cores pastéis com um tapete muito aconchegante e as obras de arte e objetos são fotografias e peças “engraçadas” que dão personalidade ao local!

Vejam só!

Guilherme é também design e tem uma linha de móveis bacanérrima! em breve na São Romão!!!

1

3

4

6

FJ-House-Guilherme-Torres-yatzer-4

FJ-House-Guilherme-Torres-yatzer-3

 


Dado Castello Branco + ETEL Interiores.

Os projetos de Dado estão espalhados na Filadélfia, em Nova York, Aspen e em todo o Brasil, carregam uma mistura peculiar do traço clássico com referências contemporâneas na decoração de interiores. Os tons claros, tecidos suaves e a madeira são alguns dos materiais sempre presentes em seu portfólio. A combinação resulta em ambientes acolhedores e ao mesmo tempo sofisticados e elegantes. Sua atuação na área corporativa foi mais um desafio para esse profissional: mesmo em ambientes áridos, ele provou ser possível conceber um ambiente funcional para o trabalho, mas com a personalidade daquele que o ocupa.

Parceiro de Etel Carmona, já desenhou peças reconhecidas mundialmente e suas criações figuraram na Galeria Espasso, em Nova York, junto a importantes nomes como Jorge Zalszupin, Isay Weinfeld e Claudia Moreira Salles. Recentemente, essa parceria passou a render desdobramentos: ainda no primeiro semestre de 2012, Dado lança sua linha de móveis para jogos, tais como gamão, pingue-pongue e sudoku.

As fotos abaixo “denunciam” tamanho cuidado que ETEL possui ao executar com perfeição as peças de Design. A riqueza de detalhes e a beleza do design das peças é algo unico! Universalmente belo, ETEL tem sido uma grande porta voz do bom gosto em representar grandes Designs Brasileiros mundo a fora.

A São Romão como fiél parceira e grande admiradora segue os passos e aposta no Design Brasileiro também.

 

2

1

237

240 245

76

251

77

74

224


Dado Castello Branco.

1

Há quinze anos no mercado, Dado Castello Branco urbanista e arquiteto se formou na Faculdade de Belas Artes em São Paulo e se especializou na École Speciale d’Architecture em Paris.

Com um repertório de alto padrão o arquiteto tem um requinte especial e único. Conforto e equilíbrio são premissas que ele não abre mão. Normalmente podemos distingui-lo pelos tons claros, e o mobiliário luxuoso, o qual muitas vezes é ETEL Interiores.  Dado desenvolveu uma linha de móveis especial para ETEL. Mesas de jogos, de jantar e cadeira.

A seguir um apartamento no Alto de Pinheiros de 250 metros.

Fotos: Fran Parente.

2

5

7

8

6


Francisco Cálio.

1

Francisco Cálio, há 25 anos esta no mercado de arquitetura e interiores e pontua desde cedo ideais do minimalismo com linhas retas e puras, texturas e volumetria espacial.
No projeto a seguir, Cálio se inspirou no estilo do edifício cujo concreto é aparente e o proprietário um galerista. O resultado foi uma decoração dos anos sessenta aonde as obras de artes propositalmente se destacam
A luz natural favoreceu o projeto e definiu o conceito do mobiliário: despojado e de design.
Muito elegante e ao mesmo tempo divertido!
A Poltrona de Oscar Niemeyer, não poderia faltar para um colecionador de obras de arte: uma verdadeira preciosidade estética.
Parabéns Francisco Cálio!

2

3

6

5

4

7

8


Flávia Frauches.

Casa FLavia-29

Flávia Frauches Arquitetos Associados, é um escritório sério que oferece soluções inteligentes de arquitetura e decoração.

A criatividade, agilidade e competência de seus projetos comprovam que a equipe é coesa e muito preparada!

Recentemente Flávia acaba de finalizar um projeto no Morro do Chapéu que ficou incrível!O mobiliário foi cuidadosamente escolhido para fazer jus a arquitetura moderna da arquiteta.  As poltronas Oscar,do Sérgio Rodrigues para a sala de jantar, o sofá da área externa todo retinho, as chaises de sol, as poltronas Astúrias, do Carlos Motta, a Chaise Rio de Oscar Niemeyer.

Ficou simplesmente maravilhosa a casa! Vejam os banheiros, quanto conforto e sofisticação. Parabéns Flávia! Obrigada pelo prestigio de também escolher a São Romão.

fotos:Nathalie Bohm

Casa FLavia-30

Casa FLavia-33

Casa FLavia-35

Casa FLavia-36

Casa FLavia-37

Casa FLavia-38

Casa FLavia-39

Casa FLavia-43

Casa FLavia-41

Casa FLavia-42

Casa FLavia-46

Casa FLavia-47

Casa FLavia-50

casa flaviae COR

Casa FLavia-52

Casa FLavia-55

Casa FLavia-59

Deca FF1

Casa FLavia-60


Carico l Bosque da Ribeira

_BFL6423

A CASA CLÁUDIA este mês acabou de sair do forno e escolheu o projeto do arquiteto Carico para capa. É uma varanda, no condomínio Bosque da Ribeira que fica em Nova Lima e foi reformada recentemente.

Segundo o arquiteto competir com a natureza nunca é uma alternativa para ele. No caso desta varanda especificamente, ele tentou ao máximo fazer algo sóbrio que não ofuscasse em nada a maravilha das copas das árvores que estão ali em volta. Nem mesmo uma televisão poderia entrar.

Sem o título de “Varanda Gourmet” tão recorrente nos últimos tempos, a proposta era abrigar uma pequena sala de fitness, uma varanda para um convívio social integrado a natureza, uma adega e uma grande mesa de jantar para 12 pessoas.

O lavabo foi uma das premissas dos proprietários, pois nele gostariam de trazer a tona um estilo de vidro de “Trancoso”. A solução do arquiteto foi fazer um jardim particular fechado com grandes portas de correr de vidro. O espelho sem molduras e sem apoio parece flutuar.

O arquiteto utilizou as copas das árvores como recurso para dar uma luz agradável em todo ambiente. O resultado final foi uma sensação de “Casa na Árvore”.

Os móveis que compõem o ambiente foram: Poltrona Diz (Sérgio Rodrigues), Sofá Mila , Mesa Pedro, cadeira WishBone, almofadas Elisa Atheniense, Poltronas Thais, Cadeira Rococó, bancos em madeira Pênsil (ETEL CARMONA), Puffs de corda náutica Marina (Tidelli).

_BFL6356

_BFL6379

_BFL6382

_BFL6426

_BFL6427

_BFL6451

_BFL6439

_BFL6463

_BFL6456

_BFL6452

_BFL6412

_BFL6397

_BFL6397

_BFL6329

_BFL6338


Prêmio Design Museu da Casa Brasileira.

O 26° Prêmio do Design da Casa Brasileira aconteceu no ultimo dia 22 de novembro em São Paulo foi muito especial.

Muitas menções honrosas de várias categorias/modalidade participaram deste prêmio. Este selo do design agrega sim valor às peças, e os premiados após uma avaliação criteriosa da comissão julgadora do Prêmio Design MCB merecem todo o reconhecimento por seu trabalho.

A iniciativa deste selo visa possibilitar ao público a fácil identificação do bom design e reforça o reconhecimento, a validação e o incentivo às empresas do design nacional.

O resultado final revela um panorama de produção contemporânea brasileira e fica exposto no MCB até 13 de janeiro de 2013. Além de categorias para o mobiliário, utensílios, iluminação, têxteis equipamentos eletrônicos, equipamentos de construção, equipamentos de transporte e trabalhos escritos.

O primeiro lugar deste ano foi para o mobiliário foi a mesa Dinn do Design Jader Almeida sobre a produção da fabrica Sollos.

A mesa Dinn se destaca pelo rigor geométrico e pela leveza visual, mesmo em seus 3,00 metros de comprimento. As linhas minimalistas muito recorrentes no trabalho de Jader Almeida oferece uma ampla opção na escolha no mobiliário que esta a sua volta. As soluções construtivas da estrutura da mesa premiada são incríveis, pois além de cumprir sua função primária de forma eficiente, mantem o aspecto estético. A mistura do aço-carbono e placas de MDF revestidas de lâmina de madeira valoriza o produto e reforça uma leveza inigualável.

A mesa Dinn esta com muito orgulho exposta aqui na São Romão, e esperamos que vocês venham apreciar este sucesso!


Parabéns Sergio Rodrigues.

O aniversário do nosso admirável Sérgio Rodrigues aconteceu no Rio de Janeiro, neste ultimo fim de semana do dia 27 de outubro na nova loja do Arquivo Contemporâneo. O evento reuniu importantes nomes do design como Lia Siqueira, Pedro Usech, Paulo Alves, Etel Carmona, Jader Almeida, Aristeu Pires, Fernando Mendes, em um agradável almoço de sábado.

Alguns lojistas foram convidados e de Belo Horizonte apenas Tânia Gontijo, (São Romão) e a arquiteta Dodora Gontijo estavam presentes e tiveram a honra de cantar parabéns e soprar as velinhas para Sérgio, um dos mais importantes nomes da história do mobiliário brasileiro.


Semana Apex-Brasil.

 

A semana Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos) está sendo realizada em Belo Horizonte dos dias 22 a 24 de outubro, simultaneamente à Bienal Brasileira de Design também na capital mineira.

Com o tema Design e Moda o objetivo é apresentar a designs, empresários e gestores públicos as boas práticas nos setores públicos e novas tendências do mercado internacional.

As palestras e oficinas serão feitas por representantes de instituições de destaque no cenário mundial. Nomes como: Muji do Japão, Sachs dos Estados Unidos, El palácio de Hierro do México etc.

Nesse evento, o Projeto de Imagem  tem o objetivo de apresentar e promover internacionalmente a imagem do design, produtos e serviços brasileiros.

Local: Memorial de Minas Gerais.

A programação completa da IV Bienal Brasileira de Design, com detalhes das outras atividades programadas, pode ser acessada no site www.bienalbrasileiradedesign/bienal2012/

 

A programação é chocante! vejam só….

Segunda-feira  22/10/2012

18h    Recepção aos convidados

19h30    Abertura oficial

20h        Palestra magna Sra.  Pascale (Petit H – Hermès)

21h        Coquetel de Encerramento

22h        Encerramento

Terça-feira, 23/10/2012

18h        Café de Boas-Vindas

18h30    Jordi Montaña and Isa Moll – ESADE (Política de Design na Espanha)

19h10    Eugenia Martí – BCD (História do Barcelona Design Centre)

19h50    Bunka Fashion College (Moda e Tecnologia)

20h30    Coquetel de Encerramento

21h30    Encerramento

Quarta-feira, 24/10/2012

18h        Café de Boas-Vindas

18h30    Hugh Musick – IIT (O Futuro do Design)

19h10    Arturo D’Alqua – Politecnico di Milano (Sociologia do Design)

19h50    Fashion Institute of Technology (Ecodesign)

20h30    Francesc Aragall Clavé and Maria Inmaculada Bonet (Design For All)

21h10    Coquetel de Encerramento

22h        Encerramento


IV BIENAL BRASILEIRA DE DESIGN EM Belo Horizonte.

A IV Bienal Brasileira de Design, que acontece do dia 19 de setembro e vai até 31 de outubro em Belo Horizonte no Palácio das Artes, tem como tema principal a “Diversidade Brasileira” e coloca a nossa cidade como sede do design sobre a curadoria geral de Maria Helena Estrada.

A Bienal propõe a interação de vários profissionais ligados a are de Design, e procura também potencializar os meios produtivos a fim de melhorar a competitividade e melhoria da imagem do produto nacional para o mundo.

A diversidade tema será vista como uma vertente que procura uma boa utilização dos recursos natural aliada à produtividade econômica do nosso País. Nesta edição há também um questionamento sobre a estética do design e a inversão deste conceito que aconteceu nos últimos tempos. A ideia de que “a forma segue a função”, por exemplo, é um conceito considerado arraigado, pois os materiais utilizados vão de acordo com sua potencialidade e variam a forma do objeto e não apenas o desejo do seu criador.

A mostra procura receber além de designers e profissionais afins, mas a comunidade em geral estará convidada a tomar conhecimento da importância do design.

 

 


Uma visita ao Ateliê Carlos Motta.

Tudo por trás do conceito de “Móvéis em madeira Reutilizada”, Carlos Motta reune um conjunto de peças feitas de madeira de demolição e reafirma seu acabemento estético totalmente sofisticado.

O charmoso ateliê fica na  Vila Madalena e o arquiteto e designer continua a desenvover ao longo dos 40 anos de carreira um trabalho perfeito que faz como poucos uma comunhão com a natureza. Com tudo, se mantem em sua principal máxima que é reduzir, reciclar, e reutilizar sem desmerecer a qualidade e nobreza da matéria prima.

Calos Motta é um homem impulsionado pela sua grande critatividade. Segundo ele, a vida no mundo moderno em locais como a cidade de São Paulo, é cheia de contrastes, de maneira que algo negativo pode ser transformado em positivo através de arte. “o ser humano é um transformador inquieto e vai se manifestar de maneira que conseguir: mídias eletrônicas, graffiti, literatura, pancada, terrorismo…..cada um econontra seu caminho”.

Interessante e sincero este ponto de vista….

Carlos Motta é um importante design, mas também uma pessoa engajada…que tem uma ligação muito forte com a arte e a natureza.

Ele transita por locais completamente diferentes, por exemplo numa praia deserta na Costa Rica, em seu ateliê na Vila Madalena ou numa elegante galeria de arte do bairro Tribeca em Nova Iorque. Não apenas ele como pessoa, mas sua arte que dialoga em tão diferentes contexto.

Estivemos com ele em São Paulo…vejam algumas fotos desse encontro e outras profissionais do local!

 

 


Lançamento OVO_Luciana Martins e Gerson Oliveira.

Estivemos no lançamento do livro que apresenta uma coletânea especial dos designs da OVO, Luciana Martins e Gerson Oliveira.

O livro apresenta toda a trajetória dos últimos 21 anos de trabalho da dupla em alto estilo. Ficamos completamente chocadas com todo o cenário. Além de o livro estar maravilhoso, muito bem diagramado por a própria Luciana Martins, a loja como sempre completamente clean com alguns lançamentos especiais.

A coleção é composta por 5 linhas: Pedra, Fita, Clara, Tiras e Bloco.

Pedras: Uma linha modular de sofás concebidos a partir do princípio de volumes e planos orgânicos que se unem. Sua ergonomia se baseia na precisão das profundidades e alturas destes volumes. O revestimento feito com tecidos e tecelagem dinamarquesa Kvadrat explora a gama de cores e texturas deste material.

Clara: Escrivaninha e estante concebida como desenho simples, esquemático. As combinações entre madeira e cores são uma característica importante desta linha.

Tiras: Cama da premiada linha Tiras. Sua cabeceira de tiras estofadas aplicadas de aço inox recebeu revestimento em vários tecidos de cores e texturas diferentes.

(linha tiras já existe em poltronas, bancos e sofás e recebeu o Prêmio no Design Museu da Casa Brasileira em 2010.)

Bloco: Console que remete a jogos volumétricos da arquitetura e tiras partindo das combinações entre a estrutura externa e madeira e os blocos internos coloridos.

Fita: Linha de sofás que tem como principal característica o cuidado com as proporções. A sua imagem remete a um princípio arquitetônico de estruturas externas aparentes. Seu interior é feito com plumas que trazem grande conforto e pouca espessura. O revestimento é feito com tecidos da tecelagem dinamarquesa Kvadrat.

 

Lembrando que São Romão é a representante oficial da OVO.