Drinks

Monsieur Bleu, o novo restaurante no Palais de Tokyo

Monsieur-Bleu-at-the-Palais-de-Tokyo-in-Paris-yatzer-7

 

Novidade em Paris: Ao lado sul do Palácio de Tóquio, um generoso espaço foi aberto para um café chique e sóbrio. O mobiliário utilizado foram cadeiras que já conhecemos bem, a Saarinem em diversos tons de verde e cinza.

O projeto – assinado pelo arquiteto Joseph Dirand – é assim: versátil, cosmopolita, internacional, energético: lugarzinho para beliscar ou almoçar enquanto se lê um livro ou folheia uma revista, “lounge” para encontros casuais (badalado na medida para quem busca um amor), e mesmo pista de dança. O menu do bar tem colaboração da chefe em ascensão Alix Lacloche. Além disso, Paris se mostra ainda mais magnífica apreciada do Monsier Bleu, que tem terraço com vista para a Torre Eiffel.

 

Monsieur-Bleu-at-the-Palais-de-Tokyo-in-Paris-yatzer-1

Monsieur-Bleu-at-the-Palais-de-Tokyo-in-Paris-yatzer-5

Monsieur-Bleu-at-the-Palais-de-Tokyo-in-Paris-yatzer-17

Monsieur-Bleu-at-the-Palais-de-Tokyo-in-Paris-yatzer-8

Monsieur-Bleu-at-the-Palais-de-Tokyo-in-Paris-yatzer-9

Monsieur-Bleu-at-the-Palais-de-Tokyo-in-Paris-yatzer-11

Monsieur-Bleu-at-the-Palais-de-Tokyo-in-Paris-yatzer-9

Monsieur-Bleu-at-the-Palais-de-Tokyo-in-Paris-yatzer-16


Chateau Cheval Blanc Winery in Saint-Emilion, France Designed by Christian de Portzamparc.

n78dwub

Liderada pelo Pritzker Prize-winning Chistian de Portzamparc, o Atelier Christian de Portzamparc foram os responsáveis pela adega revestida de concreto no sudoeste Francês de Saint-Émilion. O Châteu Cheval Branc é um edifício de 5.250 metros que abriga 52 cubas de concreto, barril adega, uma sala de degustação, várias oficinas, escritórios e um jardim com terraço adjacente.
Como resultado, a adega é uma das poucas construções no negócio do vinho para ter a certificação de Qualidade Ambiental alta (HQE), atendendo critérios particularmente exigentes relativos não só ao meio ambiente, mas também com o tipo de materiais utilizados, a água, a energia e gestão de resíduos, higrometria controlado, conforto acústico, visual e olfativo eo bem-estar das pessoas que trabalham.

Le chai du château Cheval-Blanc à Saint-Emilion (Gironde), par l?Atelier Christian de Portzam

200609-cheval-blanc_cerick_saillet_6778-05

200609-cheval-blanc_cerick_saillet_6794-06

E_Saillet_JAA_67881

200609-cheval-blanc_cerick_saillet_6822-019

Chateau-Cheval-Blanc-Winery-in-Saint-Emilion-France-15rgfvf-640x426

200609-cheval-blanc-cerick-saillet-6243-017

JAA_6445

Chateau-Cheval-Blanc-Winery-in-Saint-Emilion-France-14tbgfb-640x426

A picture taken on June 16, 2011 shows c

200609-cheval-blanc_cerick_saillet_6459-013

 

 

 


Philippe Starck em Istambul l MAMA SHELTER.

013_mamashelteristanbul
Istambul, como todos sabem é uma cidade histórica situada entre o Oriente e o Ocidente. Além dos maravilhosos monumentos, pontos turísticos, paisagens, Istambul esta se tornando uma cidade de design. A prova disso são os novos hotéis que estão aparecendo por lá…
Simultaneamente o novo conceito de hotel boutique cada vez mais recorrente, em Istambul é claro não podia faltar. O arquiteto escolhido é Philippe Starck e o nome o hotel é Mama Shelter. O projeto como de costume rouba a cena. Desta vez Stark foi longe: tapetes grafites espalhados e um longo caminho feito de anéis infláveis de natação sobre um teto negro.
Situado no antigo bairro europeu de Beyoglu, o novo hotel esta dando o que falar! Veja quanta criatividade…

Você sabe o que é Kitsh? puro STARK.

1. Kitsch

            Por (SP) em 14-11-2008

O kitsch é um termo de origem alemã (verkitschen) que é usado para categorizar objetos de valor estético distorcidos e/ou exagerados, que são considerados inferiores à sua cópia existente. São frequentemente associados à predileção do gosto mediano e pela pretensão de, fazendo uso de estereótipos e chavões que não são autênticos, tomar para si valores de uma tradição cultural privilegiada. Eventualmente objetos considerados kitsch são também apelidados de brega no Brasil. A produção Kitsch surge para suprir a demanda de uma classe média em ascensão, que não conseguia entender e aceitar a arte de vanguarda, com suas propostas inovadoras, mas desejava participar do “universo da arte. Esta parte da população não teve a sensibilidade artística educada e, portanto, não desenvolveu o gosto, mas queria parecer culta e apreciadora da arte, porque isto lhe conferia status social.

016_mamashelteristanbul

041_mamashelteristanbul

059_mamashelteristanbul         058_mamashelteristanbul

072_mamashelteristanbul   Mama-Marseille_nuit08

007_mamashelteristanbul

022_mamashelteristanbul

018_mamashelteristanbul

IMG_6967

Mama-Shelter-3

Mama-Shelter-4


Philippe Starck l LOS ANGELES.

Lips

O Chef Katsuya Uechi e Philippe Starck, formaram juntos uma dupla de sucesso em Hollywood. O restaurante  Katsuya é um suhibar espetacular!

Não é o mais caro e nem o melhor restaurante de Los Angeles, mas é um lugar maravilhoso com pessoas bacanas e uma cozinha oriental diferenciada.

Vale lembrar que o mobiliário que Philippe Stark ultiliza sempre varia muito, mas o que não pode faltar é sua própria criação: A cadeira Louis Ghost. Criada em 2002 é uma cadeira barroca XV feita de policarbonato injetado. O nome, une a forma a crição através da irrevencia e criativade de sempre do Design.

A boca borrada de batom nos panéis, nem se comenta….para os mais caretas é estranho, mas para quem vai mais a fundo sabe: Aguçar os nossos sentidos através da imagem, ” é o que há”.

 

 

4

5

6

katsuya_hollywood_s110210_jm

3

katsuya17110602

 


Jules.

8

O Francês Emmanuel Picault & Ludwig Godefroy  habilitou um projeto subterrâneo de uma adega com uma antecâmara dentro de uma caverna na cidade do México.

Jules confere a ambiguidade entre um cocktail-bar, e uma speakeasy moderno de uma cantina mexicana.

A escada existente é o elemento mais importante do projeto e a partir dela todos os outros elementos foram moldados. Os volumes em consequência de um diálogo entre as estruturas, tubos aparentes e locais restritos finalizaram um projeto muito interessante e atual.

Fotos de Ramiro Chaves.

2

3

2

4

6

7

10

Sem título

Jules_07

5

 

 


Cocktail de Melancia

Ingredientes

1 melancia mini
150ml de vodca
2 limões Tahiti (suco)
Açúcar refinado ou adoçante a gosto
Gelo a gosto

Modo de fazer

1. Corte as extremidades da melancia para que fique em pé, quando apoiada em um prato. Na extremidade de cima, corte uma tampa e retire toda a polpa com o auxílio de uma colher (deixando o centro da melancia oco).
2. No liquidificador: bata a polpa da melancia, a vodca, suco de limão, açúcar(adoçante) e vodca.
Passe por uma peneira e coloque a batida dentro da melancia. Adicione gelo. E sirva com canudo.

Rendimento: 1 porção
Tempo de preparo: 25 minutos
Dificuldade: fácil


Caipirosca de Limão siciliano, Gengibre, Mel e Hortelã

Caipirosca de Limão siciliano, Gengibre, Mel e Hortelã

 

Ingredientes

¼ xícara (chá) de mel

Gelo a gosto

2 limões siciliano (suco)

1 colher (sopa) de gengibre fresco cortado em lâminas

 6 folhas de hortelã fresca

1/3 xícara (chá) de vodca

 

Modo de fazer

1. Coloque o mel nas paredes de dentro do copo de caipirinha (como se fosse cobertura de milk shake).

2. Coloque gelo picado no fundo do copo. Adicione o suco de limão siciliano, o gengibre fatiado e as folhas de hortelã.

3. Coloque a vodca e adoce se desejar.

Rendimento: 1 drink

Tempo de preparo: 15 minutos

Dificuldade: fácil


São Romão indica: Clericô

 

Ingredientes

2 melões cortados em cubos – 2 unidades

1/2kg de uvas Thompson cortadas ao meio

2 abacaxis Pérola cortados em cubos

1 lata de pêssego em calda cortados em cubos

2 maçãs verdes cortadas em cubos

2 maçãs vermelhas cortadas em cubos

2 xícaras (chá) de suco de laranja

1 vidro de cereja

1 xícara (chá) de marrasquino

1/2 garrafa de vinho branco seco

1/2 copo de vodca

1 garrafa de champagne demi-sec

1 garrafa de champagne Brut

2 litros de guaraná

Açúcar a gosto

Modo de fazer

Misture bem todos os ingredientes e coloque em uma jarra grande.