Paisagismo

Nome do ambiente: Jardim Surpresas e Reflexão

Profissionais responsáveis: Rubens Haddad e Droysen Tomich

“O jardim de entrada de 140 m2 projetado para a Casa Cor Minas Gerais 2012 pelos paisagistas Rubens Haddad e Droysen Tomich apoia-se, sobretudo, na valorização do meio ambiente e suas ricas possibilidades. Um longo deck de madeira traça um percurso pontilhado por elementos que refletem essa intenção. O visitante confere a beleza dos arranjos de orquídeas; passeia sobre um piso de lajões da cidade de Mariana; conhece um jardim vertical irrigado na medida certa por gotejamento inteligente e que ocupa uma área passível de ser reproduzida em ambientes pequenos; relaxa à beira de um tranquilo espelho d’água forrado com grandes seixos negros laqueados; delicia-se com o perfume de charmosas e práticas hortas caseiras in boxes; atravessa um pergolado de madeira certificada. Tudo isso à luz de luminárias orgânicas produzidas na Bahia pelo designer italiano Mario Crescimbeni. A poesia dos dois artistas-paisagistas é escrita com cipós e ilustrada por uma diversidade de folhagens e plantas regionais exuberantes e exóticas. Os paisagistas oferecem ao público um convite para reflexão e mudança pessoal expresso nesse jardim sustentável. Sua ambiência sedutora e simultaneamente aconchegante desperta muitos desejos. Pequenas intervenções podem transformá-lo num ateliê, num quarto de casal, num lounge ou, ainda, num escritório. O desafio de cada visitante, a partir de agora, é adaptar esse espaço multiúso as suas descobertas particulares e sonhos secretos.”

FOTOS: Caterina Uxa.

A casa cor acabou, mas fica aqui o registro de fotos desse ambiente muito especial que a São Romão 45 teve a opotunidade de trabalhar em parceria, oferencendo os móveis para ambientação.

Poltronas Asturias por Carlos Motta, Puffs Marina por Tidelli, Horta Bandeija in box, Banco Dama, Escrivaninha de Ferro Comodity.

O ambiente ficou lindo! super poético. Parabéns!


O Jardim Botânico de Chen Shan Shanghai

O Jardim Botânico de Chen Shan Shanghai, esta localizado no lado norte da Songjiang (Cidade nova) dentro do Nacional Shenshan Turismo Resort.

Todo o parque abrange uma área de cerca de 210 hectares aonde a conservação de plantas é inexplicavelmente linda. Em formas dinâmicas com diferentes planos e elevações, o parque se integra naturalmente ao jardim através dos vidros como elementos transparentes que dividem a arquitetura da paisagem.

Os arquitetos que assinam esse projeto foram: Auer + Weber + Assoziierte, Munique.

 


“Le Mur Vegetal” do Edifício Caixa Forum em Madrid

O edifício Caixa Forum é um espaço para exposições e conferências em Madrid. Preocupados com as questões de sustentabilidade, os arquitetos do Hergoz & DeMeuron contratram o botânico mestre em jardins verticais, Patrick Blanc para juntos construir essa obra de arte! A seleção de espécies vegetais foi definida de acordo com as condições climáticas da região.Todo o sistema de rega e fertilização são automatizados através de um sistema de alta tecnologia.

Além de ecologicamente corretos – purificando o ar – “Le Mur Vegetal” têm um incrível poder de proteção termo-acústica e, é claro, função estética!